Posted in:

Saiba como identificar seus índices corporais

Sabia que não é apenas o peso mostrado na balança que determina se você está saudável? Na verdade, é preciso analisar a sua altura também! Isso é o que chamamos de IMC: índice de massa corporal, um cálculo que mostra esses detalhes.

É a partir dessa avaliação que o sobrepeso, obesidade ou desnutrição são identificados. Aliás, nem sempre o IMC deve ser levado 100% em consideração. Por isso, consultar um nutricionista regularmente é fundamental, pois ele é quem detecta as porcentagens de gordura, massa e músculo no seu corpo.

Contudo, saber o IMC já é um bom começo. Para esclarecer melhor essa questão, trouxemos este conteúdo! Descubra, a seguir, como identificar os seus índices corporais!

Saiba as diferenças entre massa, músculo e gordura

A massa é dividida em magra e gorda. Muita gente acha que a massa magra são somente os músculos, mas não é bem assim. Ela equivale a estrutura completa do corpo, exceto as gorduras.

Veja: os órgãos, ossos, músculos, líquidos e tudo o que compõe o nosso corpo faz parte do que chamamos de massa magra. É ela que mantém o sistema metabólico em pleno funcionamento, colaborando com a perda de calorias.

Já os músculos, não são apenas massa magra, pois também fazem parte da composição da massa muscular. E ambas se relacionam diretamente: quando praticamos atividades físicas e aumentamos nossa massa muscular, consequentemente, ganhamos massa magra.

Em contrapartida, temos a massa gorda, que é o percentual de gordura do nosso corpo. Inclusive, ela é bem importante, viu? Embora não pareça, as gorduras são fontes de energia, regulam a temperatura corporal, protegem os órgãos, dentre outras utilidades.

Ela se torna um problema quando está em excesso, pois aumenta os riscos de doenças como obesidade e diabetes, por exemplo.

Aprenda a calcular o IMC

Agora que entendemos as diferenças entre massa magra, muscular e gorda, vamos aprender a calcular os índices corporais. O IMC é uma conta que usa a sua altura e peso para fazer uma relação entre eles.

A equação é a seguinte:

Ou seja, você vai multiplicar a sua altura por ela mesma e, em seguida, dividir o seu peso por esse resultado. Ainda não entendeu? Vamos exemplificar!

  • Considere o peso de 58kg e altura de 1,55cm;
  • O cálculo será 1,55 1,55 = 2,4025;
  • Depois, vamos dividir 582,4025 = 24,14.

Isso quer dizer que o IMC está normal! Confira, a seguir, como saber o resultado de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS):

  • Menor que 19: abaixo do peso;
  • Entre 19 e 24,9: normal;
  • Entre 25 e 29,9: sobrepeso;
  • Entre 30 e 39,9: obesidade tipo 1;
  • A partir de 40: obesidade mórbida.

Descubra o que fazer com os resultados

Você calculou os seus índices corporais e chegou em uma resposta, o que fazer a partir de agora? Bem, dependendo dos resultados, você deve buscar um profissional para receber uma orientação melhor e os cuidados necessários, principalmente, se não foi normal.

No geral, o que é fundamental continuar fazendo é:

  • ter uma alimentação balanceada;
  • praticar exercícios físicos regularmente;
  • beber bastante água;
  • ir ao nutricionista periodicamente.

Enfim, conseguir identificar os índices corporais é essencial para desvendar problemas como sobrepeso, desnutrição e obesidade. Contudo, nem sempre o cálculo do IMC é suficiente para determinar a composição do corpo.

Por esse motivo, inserir visitas ao nutricionista na sua rotina é muito importante! Ele é quem vai descobrir, por meio de análises corporais, quais os percentuais de gordura, massa muscular e magra do seu corpo.

Além disso, ele ainda auxilia na sua alimentação e acompanha os seus resultados! Portanto, não deixe de consultá-lo.

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais e colabore para que os seus amigos saibam calcular o IMC também!

Compartilhe nas redes sociais!

Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Por Suplementos Forma

Suplementos Forma

O Blog Suplementos Forma é especializado em testar suplementos alimentares. Contamos com mais de 1.200 relatos de suplementos nacionais e importados. Confira as melhores dicas de uso e experiência das 55 melhores marcas nacionais e importadas.

73 posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.